terça-feira, 30 de setembro de 2008

O Livro mais caro do mundo

A primeira tiragem do livro contemporâneo mais caro do mundo, Michelangelo - La Dotta Mano (Michelangelo - A Mão Sábia, em tradução literal), que custa 100 mil euros (R$ 265 mil), se esgotou cerca de um mês após seu lançamento. Os 33 exemplares foram vendidos a colecionadores particulares europeus e americanos.

Outros 33 livros da edição - que será limitada a 99 exemplares - já estão sendo fabricados. Cada unidade leva entre três e seis meses para ser produzida em razão do processo artesanal que resgata as técnicas utilizadas na época do Renascimento italiano.

Publicado pela editora italiana FMR, por ocasião dos 500 anos do início do trabalho de Michelangelo nos afrescos da Capela Sistina, no Vaticano, o livro sobre a vida e obra do artista pesa 24 quilos.

A capa do livro contém uma réplica em mármore da escultura Madonna della Scala, uma das primeiras obras de Michelangelo, realizada quando ele ainda era adolescente.
A reprodução da escultura foi realizada com mármore do tipo carrara proveniente da mesma pedreira, Il Polvaccio, onde Michelangelo costumava adquirir o material para suas obras.

Escultor trabalha na capa de livro artesanal, que pesa 24 quilos

O veludo de seda que cobre a capa é confeccionado em teares antigos, capazes de produzir apenas oito centímetros de tecido por dia.

O luxuoso papel, em puro algodão, é produzido à mão, fibra por fibra. A encadernação também é toda feita à mão e costurada página por página.

Obra de arte

A presidente da FMR, Marilena Ferrari, afirma que os livros da coleção Book Wonderful representam uma maneira de reagir à ameaça de desaparecimento do livro impresso, causada pela internet.

Considerado uma verdadeira obra de arte, o livro reúne 45 gravuras de desenhos e documentos do artista italiano, além de 83 fotos originais das esculturas de Michelangelo feitas pelo fotógrafo Aurelio Amendola.

Fotos das esculturas feitas por Aurelio Amendola ilustram o livro

O texto foi escrito por um amigo de Michelangelo, o pintor e arquiteto italiano Giorgio Vasari, do século 16, conhecido por suas biografias de artistas italianos.

Outros 33 exemplares serão destinados a museus do mundo todo, como o Prado, em Madri, que já recebeu a obra.

Vários ateliês de artistas e artesãos trabalharam na realização do livro, entre especialistas em encadernação, impressão gráfica, caligrafia, fotolitogravuras, entre outros.

Mais projetos

Michelangelo - La Dotta Mano é o primeiro livro da coleção Book Wonderful, da FMR.

O segundo, sobre o escultor italiano Canova, será lançado em janeiro próximo.

Um outro, sobre a rainha francesa de origem italiana Catarina de Médicis, será totalmente escrito à mão e terá apenas cinco exemplares, que não serão vendidos.

Para o projeto do livro sobre Catarina de Médicis, a FMR precisou criar escolas de caligrafias e trabalhos em miniaturas.

O primeiro exemplar dessa obra deve ficar pronto no final deste ano e servirá como uma amostra do trabalho de resgate das técnicas renascentistas desenvolvido pela editora.

A presidente da FMR afirma que irá percorrer o mundo para mostrar essa obra.

Segundo ela, a iniciativa tem o objetivo de "mostrar e preservar as origens da produção italiana".

Além da sede em Bolonha, na Itália, a editora possui escritórios em Paris, Madri e Nova York, onde a obra pode ser vista.

A única livraria da FMR no mundo está em Paris, na Galérie Véro-Dodat.

Os livros da coleção terão garantia de 500 anos.

"A composição do papel e dos demais materiais foi pensada pelos artesãos para resistir ao tempo", diz Ferrari.

O luxuoso papel não contém ácidos nem derivados de clorina, que causam a deterioração do material com o tempo.

Fonte: BBC Brasil

4 comentários:

Caroline disse...

Que maravilha de obra !!!!! Lindo mesmo, eu queria um...

Anônimo disse...

esplêndida obra de arte, se pudessémos encomendar...

o Bibliófilo disse...

Interessante, uma obra de arte para poucos ter e para muitos apreciar! (espero que não caia somente na mão de colecionadores particulares)!

Anônimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel